quinta-feira, abril 28, 2005

Patrícia Portela distinguida com Prémio ACARTE

A jovem artista Patrícia Portela foi distinguida com o Prémio ACARTE/Madalena Azeredo Perdigão, pela sua instalação-espectáculo "Flatland I - Para cima e não para Norte". O Prémio do Centro de Arte Moderna será entregue hoje, na Fundação Calouste Gulenkian, em Lisboa.

O júri, composto por António Caldeira Pires, Cristina Grande, Miguel Honrado e Mónica Guerreiro, destaca a "ousadia" e a "originalidade" da obra de Patrícia Portela, referindo que esta "sintetiza exemplarmente a vocação e o espírito" do prémio; e sublinha a "subversão de métodos de fabricação do espectáculo".

A instalação-espectáculo de Patrícia Portela estreou em Novembro do ano passado no V Festival Internacional de Multimédia, Filme e Música de Lisboa.

O prémio ACARTE/Madalena Azeredo Perdigão, criado em 1990, destina-se (segundo a Fundação Calouste Gulbenkian) a "distinguir artistas do campo ds artes do espectáculo, autores de obras originais e em sintonia com o seu tempo".

Fonte: www.rtp.pt
http://dn.sapo.pt/