sábado, março 19, 2005

Medalha de Ouro de Mérito Cultural para Fernanda Lapa

Fernanda Lapa recebe, hoje em Lisboa, a Medalha de Ouro de Mérito Cultural, pelas mãos do Secretário de Estado da Cultura, na cerimónia de entrega dos Prémios Almada e Revelação Ribeiro da Fonte.

Presidida por Mário Vieira da Silva, a cerimónia decorrerá na sala Garrett do Teatro Nacional D. Maria II, a partir das 23h25.

Fernanda Lapa iniciou a sua carreira artística em 1962, no Teatro dos Alunos Universitários de Lisboa. A peça “Deseja-se Mulher”, de Almada Negreiros, marcou a sua estreia como actriz, na Casa da Comédia, espaço teatral que ajudou a fundar. Em 1972, estreou-se como encenadora trabalhando a mesma peça.

Ao longo do seu percurso como encenadora, Fernanda Lapa tem dirigido peças de tatro, “teatro-dança”, óperas, e desenvolvido acções pedagógicas nas áreas de teatro e cinema.

Em 1979, a actriz foi bolseira da Secretaria de Estado da Cultura, na Polónia, onde trabalhou com Szajna e Zigmunt Hubner, na Escola Superior de Encenação de Varsóvia. No seu currículo constam estágios no Teatro Laboratório de Grotowski, no Teatro Contemporâneo de Wroclaw e no Teatro Stary de Cracóvia.

A direcção artística da “Escola de Mulheres”, de que foi co-fundadora em 1995, é um dos projectos a que se dedica, e cujo objectivo é privilegiar a criação e o trabalho feminino no teatro.

Os prémios Almada e Revelação Ribeiro da Fonte visam distinguir anualmente os artistas, criadores ou intérpretes, estruturas de produção, difusão ou formação que se destaquem nas artes do espectáculo,no panorama artístico nacional.

Fonte: www.publico.clix.pt

1 Comments:

At 7:14 da tarde, Blogger romeulebres said...

Quando se luta para a igualdade não se tem necessariamente de se diferênciar de tudo o resto.
Qundo será que se vai aprender que a auto-exclusão é a mais forte forma de se por de lado?...sim porque se surgisse um blog com o titulo "eles no mundo" era um escandalo de comentarios sexistas!
Quanto ao resto, parabens pelo blog que, a meu ver, só ganharia se não se restringisse só a noticias femininas!

 

Enviar um comentário

<< Home