domingo, março 06, 2005

Cientista portuguesa premiada internacionalmente

Paula Ravasco foi, recentemente, distinguida por um estudo pioneiro sobre o impacto da alimentação nos doentes com cancro. A cerimónia de entrega do prémio “Eminent Scientist of the Year 2004 & Millenium Golden International Award”, atribuído à cientista portuguesa, realizar-se-á no próximo dia 18, no Instituto de Medicina Molecular (IMM).

Concedido pela associação internacional Research Promotion Council, este galardão destina-se a premiar os cientistas pela importância e efeitos dos trabalhos publicados.

Os resultados do estudo realizado pela cientista portuguesa sustentam que uma nutrição adequada têm efeitos importantes nos tratamentos, atenuando os sintomas. Comecei por estudar o impacto e peso da nutrição nos doentes com cancro, como afecta a sua qualidade de vida, a sua sintomatologia, em comparação com outras variáveis”, explicou a cientista e nutricionista.

A investigação foi realizada em ambiente clínico, com doentes do serviço de radioterapia do Hospital de Santa Maria – onde a cientista exerce funções- que mantém colaboração com o IMM.

Paula Ravasco sublinha a importância de uma nutrição adequada “à doença e à pessoa”, frisando que a nutrição tem que ser integrada no tratamento global dos doentes vítimas de cancro.

Várias revistas científicas internacionais, nomeadamente a “Clinical Oncology”, “Clinical Nutrition” e “Head and Neack”, publicaram já os resultados desta investigação.


Fonte: Público (04-03-05)