terça-feira, fevereiro 22, 2005

Discriminação contra as mulheres encoraja a violência

Teve lugar em Manama, no Bahrein, um seminário sobre discriminação contra as mulheres nas monarquias do Golfo, com vista à pressão dos países da região para a promulgação de leis “incriminando a violência contra as mulheres”. Defensores dos Direitos do Homem e activistas insurgiram-se a favor de legislação própria para a violência contra as mulheres.

Dina Al-Maamoun, uma responsável da Amnistia Internacional, que co-organizou o seminário, juntamente com organizações não governamentais (ONG) locais, afirmou que "os países do Conselho de Cooperação do Golfo não devem esperar muito tempo para fazer face ao fenómeno da violência e da discriminação contra a mulheres, ancorada nestes países". Esta responsável salientou a existência duma estreita ligação entre a discriminação e a violência contra as mulheres, não só no Golfo, como no Mundo inteiro. Na sua opinião, a mulher que não trabalha e que não é financeiramente independente, fica mais exposta à violência.

De acordo com o activista saudita Jaafar Al-Chaieb, a “cultura geral dominante no Golfo rebaixa a mulher. A discriminação e a violência resultam desta cultura que justifica e legitima a violência contra as mulheres”.

"Na Arábia Saudita, o Governo adoptou leis a favor das mulheres, mas essa legislação tornou-se letra morta por causa das reservas e reticências de ordens religiosas e social”. "A ausência de ONG de defesa dos direitos das mulheres joga um papel suplementar no reforço da violência. A polícia procura resolver os conflitos de violência contra as mulheres de forma amigável para que não sejam levados à justiça".

Foram referidos, durante o seminário, sinais de mudança na Arábia, impulsionados por militantes em luta pela sua libertação (contra vozes conservadoras). O papel crescente da mulher na economia saudita, em mutação assume-se como responsável por essas mudanças.

A “educação dos homens”foi defendida, por activistas sauditas, como forma de ajudar as mulheres.

1 Comments:

At 11:22 da manhã, Blogger Monique Mendes said...

Sempre em grande a minha madrinha!!uma futura grande jornalista!! axo mt bem k educam os homens afinal sao seres selvagens que precisam de ser "domesticados" :)...
beijinhos grands que kem gosta mt de ti*

 

Enviar um comentário

<< Home