sexta-feira, janeiro 07, 2005

Futebol no feminino

Maribel Dominguez causou polémica nas últimas semanas ao tentar integrar o Celaya (clube de futebol masculino da II Divisão mexicana). "Marigol", como é conhecida, pretendia tornar-se na primeira mulher a alinhar por uma equipa masculina, uma vez que no México não existe campeonato para equipas femininas.
A jogadora, de 27 anos, conta no seu currículo com 42 golos marcados em 43 jogos e com a participação nos Jogos Olímpicos de Atenas (com a selecção feminina do México).
A Federação Mexicana consultou a FIFA sobre esta possibilidade de Maribel ser contratada por uma equipa de futebol profissional masculino. Na resposta, publicada em comunicado, a FIFA afirma que "é caracterizada no futebol de ligas e nas partidas entre seleções a existência de competições específicas para ambos os sexos e as leis do jogo, juntamente com as regras da Fifa, não fornecem quaisquer exceções". O Comité Executivo foca ainda o facto de existir "uma clara separação entre o futebol de homens e mulheres".

http://ultimosegundo.ig.com.br/materias/esportes/1832501-1833000/1832698/1832698_1.xml